Diana, a menina da caracterização

 
Julgava que para aparecer na televisão bastaria apresentar-me de cabelo e rosto lavados. Sabia que seria maquilhada, mas nunca imaginei que tivesse de ser penteada também. Acontece que a TV moderna tem os seus caprichos. O cenário do Bom Dia Portugal não existe. Quando se entra no estúdio da RTP, tudo o que se vê são paredes verdes, designadas por chroma, nas quais são projetadas as imagens dos cenários virtuais. E, ao que parece, este chroma é muito sensível e qualquer cabelinho rebelde pode interferir seriamente no cenário, criando efeitos psicadélicos nos televisores dos espetadores. Eram, portanto, 8h da manhã quando me entreguei às mãos da Diana, que me sentou em frente a um grande espelho ao estilo camarim da Broadway, para me esticar o cabelo. Muito direita na minha cadeira, vejo pelo canto do olho um livro pousado sobre um banco. “Está a ler aquele romance?“, perguntei. “Ainda não“, respondeu, “mas devo começar hoje“. Contou-me a Diana que há uns cinco ou seis anos não tinha o hábito de ler. Até ao dia em que alguém lhe recomendou a saga “Crepúsculo“, de Stephenie Meyer, e ela decidiu aventurar-se. “De lá para cá nunca mais parei de ler. Fui descobrindo outros autores e também outros géneros literários“. Fantasia, romances, romances históricos, policiais e histórias verídicas estão entre os estilos que prefere e aponta Nora Roberts como a autora de que gosta mais até ao momento. “É fácil de ler e as histórias são muito cativantes“, explica. E rematou a conversa acrescentando com orgulho que para além de “Divina Por Engano“, ainda tinha em casa uma prateleira cheia de livros por estrear. Sorria ao antecipar o prazer de lê-los.

Advertisements

2 thoughts on “Diana, a menina da caracterização

  1. Sandra,
    parabéns pela iniciativa do projeto. Não é fácil realizar nossos sonhos mais fortes. Sorte na empreitada e estarei do lado do além-mar aguardando suas postagens

    Like

  2. Boa tarde! Gostei muito da sua entrevista dada à RTP1 – vi-a num sábado de manhã! Gostei muito de conhecê-la. Já a conhecia através do seu blogue do qual não perco nem um post. Como também adoro ler – despertou-me a atenção o seu blogue. Continue sempre a fazer este trabalho maravilhoso! Bj

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s