Hoje é Dia das Livrarias

 
Hoje assinala-se pela primeira vez em Portugal o Dia das Livrarias. A iniciativa, que teve origem em Espanha, é “importada” pela Fundação José Saramago, conta com o apoio do movimento Encontro-Livreiro e coincide, curiosamente, com a data da morte de Fernando Pessoa.
 
A Livraria Vieira existe desde 1984, mas eu só a descobri há poucas semanas, quando andava a vaguear pelos arredores da Praça Carlos Alberto, ali na baixa do Porto. Passei pela porta estreita, vi livros no interior e entrei por impulso. O Sr. Vieira, que estava atrás do balcão, perguntou-me se me podia ajudar, ao que eu respondi que estava apenas a ver. A verdade é que não me demorei mais de dois minutos, mas aquele espaço pequeno e aconchegante forrado de livros não me saiu da cabeça. Ontem de manhã, quando o Luís Guerra, das livrarias Assírio & Alvim, me falou do Dia das Livrarias e me incitou a divulgá-lo no Acordo Fotográfico, soube de imediato que era à Livraria Vieira que tinha de voltar. Desta vez quem me atendeu foi a D. Fernanda, mas o Sr. Vieira, que estava a almoçar, não tardou a juntar-se-nos, e foi com extrema simpatia que ambos me receberam, aceitaram falar sobre a sua livraria e deixaram que a fotografasse. 
 
Nos idos anos 70 a D. Fernanda estava empregada numa conhecida livraria do Porto, quando havia trabalho e os livros se vendiam muito bem. Já então, apaixonada pela profissão de livreira, acalentava vir a ter o seu “cantinho”, a sua livraria, sonho que acabou por concretizar. Nesses anos de bonança o negócio cresceu, o Sr. Vieira, seu marido, acabou por ir trabalhar com ela e foi com os rendimentos da livraria que educaram os dois filhos: a menina tornou-se bióloga e o menino escritor. 
 
Porém, os tempos mudaram drasticamente. Num esforço para manter as portas abertas, a Livraria Vieira mudou a lógica do negócio do livro novo para o usado, mas as vendas mantêm-se difíceis. Disse-me a D. Fernanda que nunca imaginou chegar à fase da vida em que se encontra e ser forçada a trabalhar ainda mais, mas afirma com muita emoção que não quer acabar com o seu “cantinho” que criou com tanto amor e carinho. E apesar desta mágoa, desta tristeza, foi com alegria, com orgulho até, que afirmou que a profissão de livreira “é a profissão mais linda que pode haver”, que foi graças à sua livraria que ambos conheceram “as pessoas mais bonitas, gente séria, culta” e que todos os dias aprendem algo com os clientes.
 
Sabor amargo e doce, foi o que trouxe da Livraria Vieira. Amargo porque estes espaços únicos, tão cheios de caráter e de sentimento, estão em vias de extinção e nada os poderá substituir: nenhuma rede de livrarias de nome mais ou menos estrangeiro, nem nenhum espaço trendy com projeto de decoração assinado. E doce porque a dedicação, a generosidade, e a candura da D. Fernanda e do Sr. Vieira me comoveram. Se me dissessem que o Dia das Livrarias foi criado por causa deles eu acreditava.
Advertisements

3 thoughts on “Hoje é Dia das Livrarias

  1. Eu tambem aprendi muito e cresci nesta Livraria. Sou a menina que me tornei biologa. Obrigada pelas palavras que dirigem aos meus pais. São verdadeiras e bem merecidas, porque são pessoas maravilhosas e são o exemplo que tento seguir todos os dias…

    Like

  2. Olá Vespinha! Acabo de corrigir o post porque não é Dia do Livreiro, mas sim Dia da Livraria. Fiquei contente por teres gostado da foto. A D. Fernanda não está focada, mas também acho que está uma foto bonita. Mais logo coloco mais imagens da livraria no Facebook.

    Like

  3. Não sabia que era dia do livreiro, eu que trabalho numa editora. 😦 Mas obrigada por partilhares!

    Adorei a fotografia, sobretudo do sr. Vieira, com o seu olhar triste mas com um bigode cómico.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s