Celeste, no Retiro

 
Julgo que o Parque del Retiro dispensa apresentações e duvido que alguém vá a Madrid sem lá pôr os pés. No verão em que tive a oportunidade de estudar em Madrid perdi a conta às vezes que lá fui. Desta vez, dezoito anos depois, não pude deixar de o visitar de novo. Não deverei exagerar se vos disser que andariam por lá, numa tarde de calor quase insuportável, muitas centenas de pessoas, na sua maioria turistas. Procuravam refrescar-se junto ao lago ou estendidos sobre a relva abençoada pela sombra das árvores. Neste ambiente de relaxamento não foram poucos os leitores que avistei, mas foi a Celeste que eu quis conhecer e fotografar. A Celeste é de Boston, nos Estados Unidos da América, e estava sozinha de visita a Madrid por uma semana. Tinha por única companhia o livro “Haussemann, or the Distinction“, um romance que tem como protagonista o Barão Haussemann, famoso político e arquiteto que no século XIX revolucionou o urbanismo parisiense, transformando o que era uma cidade medieval naquela que é hoje conhecida como a Cidade das Luzes. Consta que este mesmo Haussemann terá desejado, no leito da morte, que o seu trabalho nunca tivesse sido concretizado, e é com base nesse rumor e nos mistérios que o rodeiam, que Paul Lafarge constrói a história do seu livro.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s