Português com sotaque

 
Descemos a Rua da Alfândega em direção ao Cais Estiva, na Ribeira do Porto, e foi o meu pai que me chamou a atenção para a menina que lia, sentada num banco, de frente para o Douro. “É estrangeira”, disse eu, e estava convencida disso até que a contornei, me aproximei de frente e verifiquei que o livro que lia era português. Quando começámos a conversar, a leitora que eu teimava em achar estrangeira revelou falar português com um sotaque especial, que tinha um travo a Brasil e a algo mais. Vim a descobrir que a Iris é alemã e aprendeu a falar português em Salvador da Baía, onde teve a oportunidade de participar num intercâmbio. Disse-me que aprendeu assim e que não quer de forma nenhuma perder o sotaque. Mais recentemente, veio para Portugal trabalhar como au pair e depois empregou-se num restaurante. Mas a estadia entre nós está quase a chegar ao fim: a Iris regressa a casa ainda este mês. Hoje, aproveitou a maravilhosa tarde de sol para ler ao ar livre na ribeira, onde os edifícios antigos lhe fazem lembrar o Pelourinho, em Salvador. O livro era uma edição antiga de “A Lua de Joana“, que comprou numa feira porque estava sem nada para ler. 
Advertisements

3 thoughts on “Português com sotaque

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s