Sem procurar, encontrei-a

 
Esta não foi a primeira vez que vi a Áurea. Era impossível não reparar nela de cada vez que entrava no “meu” autocarro, de manhã cedo, ali pelos lados da Casa da Música, elegante e de livro em punho. De todas as vezes pensei pousar o meu próprio livro e ir ter com ela para lhe pedir uma fotografia, mas a logística implícita ao ato de fotografá-la e tirar notas sobre a nossa conversa enquanto o autocarro se deslocava aos solavancos fez-me perder a vontade. Não tardou muito a que lamentasse a minha falta de coragem porque houve um dia em que a Áurea deixou de aparecer no 507. 
 
Mas a vida entendeu por bem ser generosa para com o Acordo Fotográfico e aí há dias, à hora do almoço, colocou esta leitora no meu caminho! Sentada numa das muitas esplanadas da zona do Piolho, a Áurea lia o romance “Procuro-te“, um livro de Lesley Pearse que pediu emprestado a uma colega de trabalho. E quando questionada sobre os seus hábitos de leitura confirmou-me, sem surpresa, que não só é uma leitora assídua de romances e de livros de História, como também aproveita para pôr a leitura em dia à hora do almoço e nos transportes públicos. 
Advertisements

One thought on “Sem procurar, encontrei-a

  1. Muito interessante este blog…
    Os livros, são sem dúvida os nossos melhores cúmplices e companheiros…
    Visitem também o meu blog:
    sistersdream.blogspot.com

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s