A Ana & o Yôga

 
Vi-a estendida ao sol num pedaço de relva salpicado de florinhas brancas. Ali perto corria o Douro, mas a Ana voltava-lhe as costas. A sua atenção estava completamente focada no “Tratado de Yôga“, do Meste DeRose, a mais completa obra de yôga alguma vez publicada. E esta era mais do que uma simples leitura. Era estudo aprofundado, uma vez que a Ana está a preparar-se para ser formadora de formadores de yôga. O yôga entrou na sua vida há dois anos e a experiência transformou-a radicalmente. “Foi como encontrar a minha casa”, disse-me ela. E é por esta casa, que tão bem a acolheu e onde se sente em paz, que a Ana vai deixar a sua profissão. Perdemos uma arquiteta, mas o seu sorriso e a serenidade com que assumiu esta opção garantiram-me que ganhamos uma mulher muito mais feliz.  
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s