Une bonne surprise

 
Quando o Pedro viaja de comboio entre Coimbra (onde estuda) e Barcelos (onde vive a família), é forçado a fazer uma escala de cerca de uma hora em Campanhã, no Porto. Foi aí, sentado na plataforma, que o encontrei a ouvir música e a ler “La Grammaire est une Chanson Douce“, de Erik Orsenna. Admito que não esperava que o Pedro estivesse a ler em francês, idioma que hoje em dia já não associamos aos mais jovens. Fiquei, por isso, ainda mais satisfeita por ter a sorte de poder registar este momento. O Pedro falou com grande entusiasmo do livro, uma espécie de gramática em forma de conto que se debruça sobre a formação das palavras. E quando lhe perguntei porque o tinha escolhido respondeu que pretendia enriquecer o seu vocabulário. Um argumento simples que achei encantador.
Advertisements

One thought on “Une bonne surprise

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s